Quando queremos gerar grandes mudanças, costumamos pensar que é preciso fazer só grandes ações! Às vezes é o pequeno detalhe que faz a diferença para atingir o resultado maior.  

Tropeçamos na pedra, não na montanha.

Quando estabelecemos metas é importante visualizar o que queremos no futuro (1 ou 5 anos), mas para que isso se torne realidade ali na frente é fundamental fazer o pequeno.

Queremos chegar no pico do Everest, mas não subimos a escada do prédio?!

Fazer o pequeno é prestar atenção no teu dia a dia e construir de forma constante nas pequenas ações o resultado que se espera no futuro.

Algumas dicas:

  1. Inclua rotinas extraordinárias na tua vida: a rotina diária consome! Coloque todo dia na sua agenda uma atividade que te leve ao próximo nível. Um tijolo na construção da tua jornada e objetivo.

“Num homem inteligente, a rotina é sinal de ambição.” W.H.Auden

  1. Comece pequeno e aumente o impulso: no início o movimento é mais difícil porque estamos nos movendo e saindo da inércia. Com o tempo e pequenos avanços, o processo e resultados tornam-se mais naturais e por vezes maiores.
  2. Foque no essencial: preserve e facilite a execução do que é primordial. Mude uma coisa por vez. Facilite o que é difícil!
  3. Celebre as pequenas conquistas! Só olhar a meta de longo prazo pode gerar frustração porque ainda não aconteceu. Comemore as pequenas vitórias durante o trajeto: são elas que te aproximam do resultado que você espera.

NÃO ESQUEÇA:

Tenha em mente ou no papel sua visão de futuro. É teu projeto!

Aja hoje, um pouco por vez e de forma constante. É teu tijolo!